PG jogos

Audi e-tron GT quattro

Audi e-tron GT quattro

Os dois modelos, e-tron GT quattro e RS e-tron GT, estão confirmados para o Brasil neste ano; autonomia declarada é de até 487 km

 

AAudi revelou hoje seu esportivo 100% elétrico, o e-tron GT, que tem a vinda ao Brasil confirmada para este ano. O cupê de quatro portas também será oferecido no mercado como um integrante da linha RS, batizado de RS e-tron GT. A pré-venda na Europa começa agora em fevereiro, por 99.800 euros para o Audi e-tron GT quattro e por 138.200 euros para o RS.

Ele é o terceiro modelo da gama de elétricos da Audi, que já conta atualmente com o e-tron (SUV) e o e-tron Sportback (SUV cupê). Visualmente, o modelo final de produção segue o que foi apresentado no conceito revelado no início de 2019 no Salão de Genebra.

Audi e-tron GT quattro

Audi e-tron GT quattro

Os destaques ficam com o conjunto óptico com assinatura de LED e a grade com desenho estilo colmeia, que pode vir na cor cinza ou na cor da carroceria. Na traseira, as lanternas criam uma linha que une os dois lados. O caimento do teto na traseira é acentuado. Completa a estética do e-tron GT as rodas, que podem variar de 19 a 21 polegadas.

Nas medidas, são 4,99 metros de comprimento, 1,96 m de largura e 1,41 m de altura, com 2,90 m de entre-eixos. O porta-malas leva 405 litros, enquanto a e-tron RS oferece 366 litros. Há ainda um segundo compartimento de bagagem sob o capô com 85 litros.

interior Audi e-tron GT quattro

Interior do Audi e-tron GT quattro

Já o interior adota diversos materiais sustentáveis e design monoposto, com quadro de instrumentos digital e sistema de som Bang & Olufsen. A lista de equipamentos traz, além de uma ampla oferta de itens de conforto, diversos assistentes de condução. Há também um pacote com acabamento sem couro.

Motorização do e-tron GT

O motor elétrico conta com um sistema de baterias de 85 kWh composto por 33 módulos, que fornecem autonomia declarada de até 487 km no e-tron quattro. Com isso, ele acelera de 0 a 100 km/h em 4,1 segundos, ou em 3,3 segundos na versão RS. A velocidade máxima é de 245 km/h e 250 km/h, respectivamente.

interior Audi RS e-tron GT

Audi RS e-tron GT

O e-tron quattro entrega 238 cv no motor dianteiro e 435 cv no traseiro, com potência combinada da 476 cv e torque de 64,2 kgfm. Com o modo esportivo, chega a 530 cv e 65,3 kgfm por aproximadamente 2,5 segundos. Já o RS e-tron GT rende 238 cv no motor dianteiro e 335 cv no traseiro, com potência combinada de 598 cv e torque de 84,6 kgfm – mas pode chegar a 646 cv por um breve período.

Dotado de tração integral, o e-tron GT roda a maior parte do tempo dessa forma, priorizando a tração dianteira somente com o modo de eficiência ativado. A suspensão adaptativa, que torna as rodas traseiras também direcionais, é opcional.

interior Audi RS e-tron GT

Audi RS e-tron GT

A bateria de íon de lítio fica posicionada entre os eixos, oferecendo baixo centro de gravidade ao modelo e divisão de peso otimizada bem perto do ideal de 50:50. De acordo com a Audi, o carregamento de 80% da bateria pode ser feito em menos de 30 minutos em estações de carregamento rápido.

Vale lembrar que o e-tron GT está confirmado para chegar ao mercado brasileiro ainda em 2021, inclusive na versão RS. Porém, a Audi não revelou as datas.

interior Audi RS e-tron GT

Interior do Audi RS e-tron GT

Share This
PG jogos Mapa do site