PG jogos

Peugeot 208 Style 1.0 Firefly

Com duas versões à venda, o novo 208 2023 com motor 1.0 Firefly mostra que a união da Stellantis promete bons frutos para o mercado nacional

 

Os veículos com motorização 1.0 representam quase 50% do mercado de automóveis hoje no Brasil, considerando os números de vendas de janeiro a abril deste ano. Pela Fenabrave, eles totalizam 49,9% de participação em 2022, ou 49,7% segundo os dados da Anfavea. E é para atender à demanda deste segmento que a Peugeot volta a oferecer em seu catálogo um modelo 1.0, após mais de uma década, com o lançamento do 208 com motor 1.0Firefly.

Serão oferecidas a partir de junho duas versões com esse motor, emprestado do Fiat Argo: Like e Style. Os preços partem de R$ 72.990. A PG jogos teve a oportunidade de avaliar brevemente o hatch compacto na configuração mais equipada Style, de R$ 79.990.

Peugeot 208 Style 1.0 Firefly

Conjunto mecânico e impressões ao dirigir

Vamos falar primeiro do motor. Fabricado em Betim (MG), o 1.0 Firefly de três cilindros e seis válvulas já esteve presente em outros modelos da Fiat, mas hoje equipa apenas o Argo. Depois da fusão entre PSA e FCA, que deu origem à Stellantis, ele integra agora o catálogo da linha Peugeot. Esse propulsor se destaca por diversas tecnologias que permitem redução de peso, como bloco do motor e do cabeçote em alumínio.

Ele passou recentemente por mudanças para se adequar ao Proconve L7, rendendo 75 cv e 10,7 kgfm a 3.500 rpm com etanol ou 71 cv e 10 kgfm com gasolina a 3.250 rpm. Para o 208, porém, ele recebeu algumas mudanças para caber perfeitamente na plataforma CMP adotada pelo hatch. Entre essas mudanças estão novos alternador, compressor do ar-condicionado e sonda lambda, além de alterações na ECU para oferecer uma calibração mais adequada à dirigibilidade que a Peugeot esperava. Na plataforma CMP, mudam chicotes, sistemas de admissão, escape e refrigeração, entre outros.

Todo esse trabalho da engenharia da Peugeot deu resultado. O motor 1.0 Firefly caiu perfeitamente no 208, entregando uma performance invejável para o uso no dia a dia. Ainda é um 1.0, claro, mas as respostas de aceleração são muito boas e o escalonamento de marchas – o câmbio é sempre manual de cinco marchas –  entrega um desempenho agradável.

Testamos o modelo em uma pista no interior de São Paulo, mas que continha subidas e descidas, permitindo simular ao menos em parte as condições do dia a dia. Faltou apenas uma ladeira mais íngreme. Ainda assim, o hatch agradou bastante e se mostrou silencioso mesmo em rotações mais altas do motor. Até a vibração característica dos carros de três cilindros ficou bastante suave.

O consumo aferido pelo Inmetro para a versão de entrada Like 1.0 MT5 é de 10,4 km/l na cidade ou 11,3 km/l na estrada com etanol. Já com gasolina os valores são 14,7 km/l e 16,3 km/l, respectivamente. Isso garantiu nota A para o modelo.

Abusamos um pouco das zebras da pista para conferir como se saía a suspensão, visto que a fabricante destacou o uso de molas e amortecedores diferentes. O 208 1.0 segue entregando estabilidade e conforto como visto nas demais versões já oferecidas. A suspensão dianteira é do tipo McPherson, enquanto a traseira adota travessa deformável. Há discos ventilados na frente e a tambor atrás. No geral, o 208 mostrou que ainda é um ótimo carro ao volante, mesmo com o motor menos potente.

Interior e acabamento

A nova central multimídia deu um charme extra ao modelo que já se destacava pelo quadro de instrumentos em posição elevada e o volante de dimensões menores. É fácil encontrar uma posição confortável de guiar. O acabamento também chama a atenção, passando a sensação de refinamento mesmo em um carro 1.0. Para quem já gostava do 208 ou pensava em adquirir um, as novas versões prometem entregar a mesma experiência por um preço menor e com maior economia de combustível.

interior Peugeot 208 1.0 Firefly

Lista de equipamentos

No modelo 2023, a versão Like 1.0 traz os mesmos itens que já eram oferecidos na Like 1.6, com a adição da central multimídia com tela de 10,3 polegadas e conexão Android Auto e Apple CarPlay sem fio e as luzes diurnas de LED. Aliás, ambos agora são de série em toda a gama 208.

interior Peugeot 208 1.0 Firefly

A opção de entrada conta ainda com quatro airbags, alarme, trio elétrico, assistente de partida em rampa, controle de estabilidade e tração, volante com regulagem de altura e profundidade, direção elétrica progressiva, ar-condicionado digital, rodas de aço 15″ com calotas e travamento automático das portas a partir de 10 km/h.

interior Peugeot 208 1.0 Firefly

Já a Style adiciona carregador de smartphones por indução, teto solar panorâmico, rodas de 16″, faróis Full LED, grade frontal, spoiler e retrovisores em preto, emblema na Coluna C, saída de escapamento com ponteira cromada, detalhes em azul nas costuras dos bancos e tapetes, sensores de estacionamento traseiros, câmera de ré e sistema com visão 180º. A Peugeot muitas vezes chamou a versão Style de série especial ao longo da apresentação para a imprensa, mas a previsão é que ela veio para ficar de vez no catálogo. Aliás, haverá uma nova série especial no final deste ano.

Há ainda uma nova cor, a Cinza Artense, que estará disponível em todas as versões do 208 no modelo 2023.

Veja todos os preços do Peugeot 208 2023:

Like 1.0 MT5 – R$ 72.990

Style 1.0 MT5 – R$ 79.990

Active 1.6  AT6 – R$ 94.990

Allure 1.6  AT6 – R$ 99.990

Griffe 1.6  AT6 – R$ 109.990

e-208GT – R$ 241.990

 

Fotos: Divulgação/Peugeot

Share This
PG jogos Mapa do site