PG jogos

BMW i3

Produção na Alemanha deve se encerrar em julho, com a lacuna deixada pelo i3 a ser ocupada pelo iX1 e pelo Mini elétrico

 

Com a expansão da linha i da BMW, a fabricante deve encerrar a produção do i3, que foi o primeiro veículo 100% elétrico a ser comercializado no Brasil, em 2014. O hatch será substituído no catálogo da marca pelo iX1, uma versão elétrica da terceira geração do X1. Ele deve ser lançado ainda neste ano, com produção na unidade de Regensburg, na Alemanha, até 2024, passando depois para a planta de Debrecen, na Hungria, assim que a sua construção for concluída.

De acordo com a revista britânica Autocar, a produção do i3 na fábrica de Leipzig, na Alemanha, se encerrará em julho. Depois, a planta passará por uma reformulação para começar a produzir a terceira geração do Mini Countryman, ainda no segundo semestre.

Além do iX1, a BMW aposta no Mini Elétrico para preencher a lacuna que será deixada pelo i3. O Mini Elétrico já é vendido no mercado brasileiro e ganhará mudanças no começo de 2023, em um projeto desenvolvido em parceria entre a BMW e a chinesa Great Wall.

O i3 estreou ainda como conceito em 2011, chegando ao mercado europeu em 2013 e ao Brasil no ano seguinte. Inicialmente, o hatch trazia motor elétrico e um sistema de extensão de autonomia em que um pequeno motor a combustão atuava como gerador para a bateria. Ou seja, o sistema a combustão não tracionava as rodas diretamente e por isso o i3 foi o primeiro modelo 100% elétrico a ser comercializado por aqui. Sua autonomia era de até 300 km com o sistema REX.

Em 2017 ele ganhou seu primeiro facelift, que chegou por aqui só em 2019 entregando 335 km de autonomia nas versões de entrada ou 440 km na configuração com o extensor de autonomia (REX). Em 2020, o i3 celebrava a marca de 200 mil unidades produzidas. Hoje, o i3 está à venda no Brasil na versão 120Ah BEV Full, por R$ 319.950.

 

Foto: Divulgação

Share This
PG jogos Mapa do site