PG jogos

Volvo XC90 T8 Momentum

Para prevenir acidentes de trânsito, SUV irá estrear supercomputador com inteligência artificial

 

 

 

A Volvo anunciou que a próxima geração do SUV XC90 será 100% elétrica e terá sistemas com inteligência artificial a fim de prevenir acidentes de trânsito. O sucessor do Volvo XC90 será lançado em 2022.

A marca já havia antecipado em março que, a partir de 2030, venderá somente carros 100% elétricos em todo o mundo. O sucessor do XC90 será o segundo modelo exclusivamente elétrico da marca, após a chegada do C40, modelo de estilo cupê derivado do XC40 – que também tem uma versão elétrica, já à venda no Brasil. O novo XC90 será desenvolvido na plataforma SPA2, uma evolução da arquitetura SPA usada nos atuais XC60, XC90, S60, S90, V60 e V90.

O novo elétrico da Volvo será responsável por estrear um supercomputador com inteligência artificial, que irá permitir o aprimoramento dos recursos de condução semiautônoma e a consequente prevenção de acidentes de trânsito. O sistema irá englobar múltiplos sensores de última geração, como a tecnologia LiDAR, desenvolvida pela empresa Luminar, e o módulo NVIDIA Drive Orin.

Uma das funções disponíveis será o Highway Pilot, que permitirá a condução autônoma do carro em rodovias nos países em que for legalmente permitido. O novo XC90 também será compatível com atualizações dos softwares de segurança via nuvem e modo backup para funções chaves (como direção e frenagem). Isso torna o hardware do modelo pronto para direção 100% autônoma não supervisionada – a liberação, entretanto, dependerá da legislação e não deverá acontecer no lançamento, em 2022.

O objetivo da Volvo é, no longo prazo, zerar mortes e vítimas graves em acidentes de trânsito a bordo de seus modelos. Além disso, a adoção de recursos de segurança mais avançados pode influenciar, ainda, a redução de preços nas apólices de seguros de carros da Volvo.

Fotos: Divulgação

Share This
PG jogos Mapa do site