PG jogos

Fabricante sueca aposta na total eletrificação da gama no Brasil e vai investir em rede de carregamento rápido

 

AVolvo anunciou nesta quarta-feira (15) que, a partir de agora, irá vender apenas a versão 100% elétrica do XC40 no Brasil. Com isso, as configurações híbridas plug-in do SUV saem de linha. É o primeiro mercado do mundo onde a linha XC40 será totalmente elétrica. A nível global, a Volvo venderá somente carros elétricos a partir de 2030.

“Todo mundo trata eletrificação como nicho ou complemento de gama no Brasil. Na Volvo, queremos que as pessoas comprem o futuro, e não o passado”, crava o diretor geral de Operações e Inovação da Volvo Car Brasil, João Oliveira.

Atualmente, o XC40 (na soma das versões híbridas e elétrica) é responsável por 40% do volume de vendas da marca no País. Mesmo com o fim das opções com a união do motor a combustão e elétrico, a expectativa da marca é de alta nas vendas em 2022. “Estimamos crescimento para o XC40 em 2022 entre 8% e 10%, mesmo com essa mudança para versões 100% elétricas”, adianta o executivo-chefe da Volvo.

Além do XC40 Pure Electric, a marca terá no Brasil o elétrico C40, versão com estilo SUV cupê do XC40. O lançamento deverá ser realizado em março de 2022. Por enquanto, o XC40 elétrico continuará a ser vendido em versão única, P8, com 408 cv. Em 2021, o modelo tem preço sugerido de R$ 389.950. No próximo ano, o valor será reajustado para R$ 423.950.

 

Postos de recarga elétrica

Com o objetivo de quebrar as barreiras em relação à infraestrutura de carregamento, a Volvo também anunciou um plano de instalação de eletropostos de recarga rápida no Brasil. Dividido em 5 fases, o projeto terá início com a instalação de 13 pontos de recarga ultrarrápida (com 2 tomadas cada, totalizando 26 plugues) de corrente contínua, com 150 kW. Para o XC40 elétrico, é possível recuperar 80% da carga da bateria em 35 minutos.

Esta primeira fase terá início de instalação em março e finalização em abril de 2022. Atualmente, a marca está finalizando o processo de concorrência para escolher o fornecedor dos carregadores. Como nos atuais pontos da marca, a recarga será gratuita para qualquer veículo (Volvo ou outras marcas). “Queremos ser protagonistas no processo de eletrificação”, conta o diretor de marketing do Latin America Hub para a Volvo cars, Rafael Ugo.

Além dos carregadores ultrarrápidos, a Volvo irá instalar 52 carregadores gratuitos (com um plugue) de corrente alternada (11 kW) em pontos de apoio ao usuário de estradas operadas pela concessionária EcoRodovias. Neste caso, a recarga de 80% da bateria um carro totalmente elétrico pode levar entre 7 e 8 horas. A instalação será concluída até fevereiro de 2022.

 

Fotos: Divulgação e Gustavo de Sá/Revista CARRO

Share This
PG jogos Mapa do site